Páginas

sábado, 30 de abril de 2005

Só encontro em você

Procuro uma vida perfeita
e se não encontro chego o mais próximo possível.

Procuro uma janela aberta
porque se encontrar a porta fechada posso entrar por ela.

Procuro uma chance de vida
porque só encontro formas de fantasia.

Procuro uma ilha só minha,
mas só encontro multidões de vigia.

Procuro uma experiência que me revele respostas certas
para que eu possa caminhar sem medo de tropeçar.

Tudo isso só encontro em você.
Minha fortaleza, meu abrigo.

Só o pensar em você é o que me faz esquecer
a complexidade do mundo e a forma simples com que é decifrado.

Lembro-me apenas de seu rosto, de seu sorriso,
e de como estamos próximos e não estamos juntos.

Até que a crueldade da vida me desperte
para continuar essa existência medíocre sem você.