Páginas

quinta-feira, 22 de setembro de 2005

Ilusões

Somos tão pequenos,
tão minúsculos.
Insignificantes.

Sentimo-nos tão grandes,
tão indestrutíveis,
cheios de saber.

Vivemos apenas sob ilusões.
Sob olhares que acreditam saberem mais de nós.
Sob julgamentos tolos e premeditados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário