Páginas

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Continuidade

O tempo caminha
Linear e continuamente.
Não se preocupa com o que vinha
Nem tem o que virá em mente.

Enquanto isso vamos tentando
Nos adequar as suas regras
Inutilmente nos programando
Procurando fugir de suas rédeas.

Nós, humanos, tão patéticos,
Tão previsíveis em nossas tentativas de paz.
Fingindo um mundo ético
Sem perder de vista o vencedor ás.

Acima de tudo o contar das horas é aproveitador
Não sabe ou se preocupa, mas gosta de ver esperanças caírem.
E nós, como tolos, somos um único perdedor
Incansável em deixar essências se esvaírem.


Por: Felipe Cabral
Em: 23.09.2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário