Páginas

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Imaginação2

Os acontecimentos apenas imaginados
Por forças de sentimentos não controlados
São vida em esperança,
Morte em decepção.

Malditos momentos fabricados
De suposições gentis
Que a mente frustrada cisma em criar
Para fingir um estado aconchegante.

Se ao menos uma parcela de tais momentos
Enquadrassem-se no conjunto realidade
Meses inteiros seriam menos pálidos
E o fútil menos importante.

A única cor que ainda pinta os dias
É aquela formada pelo falso,
Ainda que criando um cenário sem brilho
É o pouco de motivação que ainda resta a impulsionar a respiração.

Por: Felipe Cabral
Em: 04.09.2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário