Páginas

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Para não dizer que não lembrei das flores

Hoje as flores caíram e ficaram pelo chão
Desperdício de romantismo
Deixado para trás em uma etapa
De uma discreta saga.

Pétalas e corpo esmagados
Por todos os participantes desvairados
Desatentos ao marco datado
¾ de um dos vários ciclos esperados.

Mesmo esquecidas e deixadas
As flores ainda levantaram
Como que para ver se de todos
Ao menos um lembraria delas.

E esse um lembrou e recordou
Da sua flor a aguardar
Em casa há 10 dias
Por aquele que voltasse a colhê-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário