Páginas

sábado, 10 de abril de 2010

O que é existir?

É sempre lutar por descobrir.
É manter a respiração mesmo sem nada saber dela.
Quem existe nada sabe nem mesmo saberá,
Somente tem a chance de ao menos tentar,
Embora nunca conseguirá.

Essa é a unidade organizadora
Que se mantém (e nos mantém) em equilíbrio,
Mas pelo gosto do saber tem sido destruída.
Porque da mesma forma que se descobre um jeito de se salvar
Também se descobre um jeito de destruir.
E é assim que se deixa de existir.

Mas como podemos destruir a unidade se existimos?
Logo se existimos nada sabemos,
Mas a comunicação se mostra falha
A ponto de perpetuarmos as descobertas
E assim se fabrica uma fonte de saber.


Em 2005.

Nenhum comentário:

Postar um comentário