Páginas

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Lugar sem chamado

Deve existir um lugar
onde ninguém conhece meu nome,
onde eu nem sombra sou,
onde não haja pessoa alguma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário