Páginas

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Regurgitação

Ao mundo sou morno.
Nem quente, nem frio
e por isso sou vomitado
a todo o momento.

A sobra da história,
o morno da situação,
o vômito do mundo,

o sal da terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário