Páginas

domingo, 1 de agosto de 2010

Do plano

Hoje fica mais claro
o plano que tem desde o princípio.
Fez o que fez
para que as veias que tanto gosta saltem.

E fez o pior que poderia ter feito,
o melhor para dar vida
às veias tensas
que se multiplicam.

Espero apenas
que continue gostando
daquilo em que você
tem me transformado.

Um comentário:

  1. Olá Felipe!


    Parabéns pela proposta e pelo trabalho apresentado aqui no blog. O que seria da vida, não fosse a poesia?

    Já estou seguindo.

    Aproveito para convidar-lhe a conhecer o meu blog, e se desejar também segui-lo, será um prazer.

    Seus comentários também serão sempre bem-vindos lá.

    www.hermesfernandes.blogspot.com

    Conto com você!

    ResponderExcluir