Páginas

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Fala

Quando o grilo falante se cala
o silêncio é ensurdecedor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário