Páginas

sábado, 11 de setembro de 2010

Sexta à noite

A cada esquina um rosto fechado,
a cada virada uma incompreensão.

E o Rio é repleto de curvas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário