Páginas

sábado, 30 de outubro de 2010

Não olhe

Vire o rosto
porque ironicamente
não mereces ver o sangue
da ferida que causaste.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Ateísmo

Os que desejam
não serem vistos por Deus
enganam a si mesmos
ao se esquecerem dEle.

Deus observa tudo e todos
inclusive os que nEle não acreditam.

Ciclo

A lua escolheu a noite
unicamente porque
durante o dia
é desleal a concorrência
com o sol.

Quase estático

Na aula de máquinas
o tempo se arrasta
como se não tivesse pernas.

Desejo

Quero uma trilha
que não leve a lugar algum.
Mas que seja bonita
para que o caminho valha a pena.

Casamento

Não é por desistência
ou por acomodação.
O casamento é para
viver dupla emoção.

O pássaro da aula das 15:00

Enquanto a última aula
da sexta-feira pré-feriado
se arrasta em sonolência
o pássaro do período passado
bate no vidro querendo entrar.

Mal sabe ele que sua
condição é que é invejável.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Constatação

Felizes são os que evoluem
sem notar.
Percepções filosóficas acerca da vida
só atrasam os dias.

sábado, 23 de outubro de 2010

citation

"My past is divided between things that I can't remember and things I don't want to remember.
And you're both!"

Charlie Sheen.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Casualidade

- Olha, ela tem um blog!
- Eu também tenho um...
- Você tem um blog? Pra quê?
- Pra poesias, eu escrevo.
- Você escreve?
- Uhum.
- Você é uma pessoa bem engraçada

Dificuldade

Não sei se por consideração
ou medo de ficar órfão da inércia,
mas não avanço.
A tentação do novo é forte e
agravada pela história.

Um dia esqueço tudo
e vou.

Do atual

Estou preso num presente
em que, isento, devo
negar o antigo novo.

É natural não querer
manter essa isenção
sem cortes ou encontros.

A possibilidade bate à porta.
Armadilha ou
ilusão.

Escola de Engenharia

Na engenharia
só parâmetros são desprezados.
Quer dizer,
alunos também são parâmetros?

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Segredo vazado

É mais difícil
quando o tempo é fresco.

Razão

Razão não é algo que se tem
ou que se adquire.

Razão é um ser mitológico
que só tem vida na imaginação humana.

Mito

Ignoro a revolta
e os pedidos de retorno.
Tudo ainda parece ilusão,
uma piada de mau gosto
que não se finda, nunca termina.

O desejo da exclusão existe,
mas só é desejo por ser impossível.
A menos de doença não se vive sozinho.
Ao tempo que muito aprendo
outra parte só se engana.

O corpo quase pede para nascer novamente,
daquele jeito nojento, fisicamente.
Na tola esperança de fazer outra história.
Ele inveja a vida em estado vegetativo,
como barco à deriva, sem dependência alguma.

Linhas

Hoje não quero ter que estudar,
hoje quero mais é que
as linhas de alta tensão deem curto!

No fim das contas

No fim das contas
não há amizade,
ou amor,
ou companheirismo,
ou qualquer sentimento
que seja maior do que
suportar o próximo
apenas em favor
da própria vontade.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Compreensão

Entendo,
claro que entendo.
Sua má vontade
é toda humana
e toda sua.

Não preciso de desculpa
nem conversa.
Faço parte dessa lenha,
essa brasa que amorna,
mas não esquenta.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Aposentadoria

O ócio
ao espírito atarefado
é como cavalo domesticado
sem rédeas.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Ao professor rabugento

Sua ignorância vem
da vida que te apavora.

Deixa, que sua velhice bate à porta
de mãos dadas com a solidão.

Finados

Mortos
aproveitam
o feriado?

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Curiosidade

O interessante beira os pêlos,
quase beija a superfície.

Desaliena menino

Desaliena menino, desaliena

que já estamos em outubro,
não agosto.

Desaliena menino, desaliena

que o cruzeiro não é mais moeda,
é o real.

Desaliena menino, desaliena

que tudo muda,
ainda que seja constante.

Desaliena menino, desaliena

porque as crises vêm e vão
e precisamos acompanhá-las.

Desaliena menino, desaliena.

domingo, 10 de outubro de 2010

Nunca será como antes

Por favor, não exija o retorno,
a antiga condição não volta mais.
Não peça que regrida no tempo
em que o limite fingia ser conhecido.

Não diga que está pior agora
porque a vida de outrora se foi.
Deu espaço a uma maturidade cruel
prevendo escapes que fogem da antiga inocência.

Sou frutos de uma árvore dinâmica
que reage ao que a ela é oferecido.
Como esperar doces polpas
em troca de amarga irrigação?

Ainda que doces, frutos mais secos,
o solo guarda aquilo que nele foi jogado.
Os gomos sempre carregarão lembranças da terra.
Azar das árvores: não se pode sair do lugar.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Sorriso

Larga as preocupações
e os trabalhos todos
que seu sorriso quer ser visto
pela alegria dos olhos certos.

Son(h)o

Existe um pedaço de momento
em que um sono
cobre meus olhos
com um manto transparente,

tecido pesado
feito de cansaço
derruba este corpo
já fatigado.

Quando a força que sustenta cede
coloca a mesa aos olhos d'alma.
Cardápio do subconsciente:
sonhos.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

terça-feira, 5 de outubro de 2010

JIC

Últimos meses,
fundão de 8:00 às 20:00.

Valeu a pena, ê ê!

ps.: Apresentação amanhã de 9:00 às 12:10, bloco D:
"Um Modelo Utilizando Autômatos Híbridos para Diabetes Melito Tipo 1"

domingo, 3 de outubro de 2010

Entrem

Quero dizer à felicidade
que a porta está aberta
e o convite já foi feito.

Quero ensinar à alegria
a ser mal educada. Para
que entre quando queira
sem precisar ser chamada.

Bons sentimentos, aprendam
com os maus. Passem a ser
tão intrusos quanto.

Que para ser feliz não
quero precisar de convite,
nem me preocupar em manter
a porta aberta para a alegria entrar.

Podem forçar a entrada, vão gostar daqui.