Páginas

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Sinceridade

Nessa manhã cinzenta
travo em minha poesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário