Páginas

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Citação

MEU SILENCIO È TAO GRITANTE
COMO A PAZ DOS OCEANOS
SEM MAZELAS PRA CONTAR
NEM FERIDAS PRA PINÇAR
SEM O RUMOR DE CRISTÃOS E MOUROS
SEGUINDO O SUAVIZAR DO TEMPO
AS BADALADAS DA MEIA NOITE
O ESCOMBRO DE UM CEMITÉRIO MALDITO
E A MAGNITUDE DO INFINITO

Texto de Anna Karenina

Read more: http://silviamota.ning.com/group/depressaoemversoeprosa#ixzz1A72zFfSt
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Nenhum comentário:

Postar um comentário